Browsing Category

Viagem

Look do dia, Viagem

Balboa Park, em San Diego

28 de outubro de 2015

balboa3

San Diego foi uma cidade que me surpreendeu. Sai de L.A achando que chegaria em uma cidade menor, com mais cara de praia, e me deparei com uma cidade grande, linda e tranquila. Foi, com certeza, um dos meus destinos favoritos até o momento.

balboa7

balboa6

balboa5

Dona de um pôr-do-sol INCRÍVEL, a cidade de San Diego rendeu muitos passeios legais, um deles foi no Balboa Park. O parque é enorme e tem várias atrações diferentes, como museus, teatros, zoológico e, lógico, as paisagens do próprio parque. É um passeio obrigatório para quem for visitar San Diego.

balboa2

balboa4

Dica: para quem quiser visitar a parte central do parque, tem um transporte gratuito que sai do lado de fora do Balboa Park. O ônibus é aberto, então, dá ver um pouco do parque e ainda tirar fotos.

Eu visitei o Balboa Park em uma tarde, o que é pouco tempo, então, muita coisa eu acabei não vendo. O legal é reservar um dia todo para andar pelo parque e mais um dia para ir nos museus ou no zoológico.

Quer ver mais da nossa viagem? Acessa o www.emtransito.com.br e assina o canal do Catzzz, onde tem vídeos semanais de todos os lugares que estou conhecendo aqui nos EUA. :)

Viagem, Vídeo

VIAGEM E.U.A – Me sentindo estrela em Los Angeles

21 de outubro de 2015

Parafraseando a Demi: ♪ Well everything’s the same in the La-la land machine ♪. L.A é um contraste da riqueza de Beverly Hills e o clima deprimente de Downtown. É a cidade dos famosos e também de muitas pessoas que vem de longe para tentar uma vida melhor. É a terra das estrelas da Calçada da Fama e também a dos mendigos pedindo um trocado nas esquinas. Resumindo, Los Angeles tem de um pouco de tudo, é uma cidade recheada de coisas interessantes e, ao mesmo tempo, coberta pelo clima cinza de cidade grande.

Conhecer Los Angeles usando transporte público me fez entender o contraste entre os bairros e as praias ao redor de L.A. Em alguns momentos é uma metrópole, em outros transpira o clima praiano da Califórnia. Na semana que passei por lá, pude conhecer o glamour das ruas de Beverly Hills, as intermináveis estrelas de Hollywood, praias lindas, como Santa Mônica e Venice Beach, e o clima cinzento, corrido e, ao mesmo tempo, moderno de Downtown.

Foi incrível poder conhecer tantos lugares icônicos que só tinha visto em filmes e, como em quase todas as cidades que conheci até agora, poder viver momentos incríveis. La-la land é, com certeza, uma cidade peculiar.

Tentei mostrar um pouco de tudo que vi por lá no vlog – vi tanta coisa diferente em um mesmo lugar que ficou difícil registrar tudo – e espero que vocês gostem de me acompanhar nessa aventura.

Se gostarem do vídeo, deem like e se inscrevam no canal do Catzzz. E não deixem de acompanhar mais da nossa viagem lá no www.emtransito.com.br. 🙂

Dica, Viagem

Passeio pelo Pier de Santa Mônica, na Califórnia

20 de outubro de 2015
Pier

Pier de Santa Mônica

Hoje é meu segundo dia aqui em San Diego, mas nunca é tarde para compartilhar com vocês os lugares incríveis que eu conheci durante a semana que passei em Los Angeles. L.A é uma cidade enorme, tem vários lugares e praias para visitar, uma delas é Santa Mônica, um dos passeios que eu mais gostei de fazer.

Santa Mônica é um equilíbrio entre a cidade grande, como L.A, e uma praia típica da Califórnia, como, por exemplo, Venice Beach. Localizada no condado de Los Angeles – como se fosse uma grande Porto Alegre, mas com valor política – em St. Mônica é possível apreciar a praia no maior estilo californiano e passear pela 3rd Street Promenade, em Downtown, onde ficam os shoppings, restaurantes, várias lojas conhecidas e muitos artistas de rua.

pier8

Mas o passeio mais procurado pelos turistas em Santa Mônica é, com certeza, o pier, que fica na beira da praia. O Pier de Santa Mônica é super conhecido e tem uma vista linda.

Dá para se divertir no parque de diversões, comer nos restaurantes que tem por lá ou apenas caminhar pelo pier e apreciar a vista, que é incrível. É um baita passeio!

pier10

pier6

pier5

pier9

pier4

Se eu tivesse que escolher um lugar para voltar em Los Angeles, com certeza seria Santa Mônica. É uma cidade que super vale a pena conhecer.

Quer ver mais da nossa viagem? Acessa o www.emtransito.com.br e assina o canal do Catzzz, onde tem vídeos semanais de todos os lugares que estou conhecendo aqui nos EUA. 🙂

Pensamentos, Texto, Viagem

Um teto e quatro línguas

15 de outubro de 2015

multilingual

Uma das experiências mais incríveis que uma viagem proporciona é, com certeza, o contato com pessoas de diferentes culturas e línguas. Pensando pelo lado negativo, essas diferenças podem ser a maior barreira entre você e a outra pessoa, mas, enxergando o lado positivo, pode ser uma porta de entrada para o novo.

Durante esses mais de 30 dias viajando pelos Estados Unidos, eu e o Lucas conhecemos várias pessoas de diferentes nacionalidades, algo incomum onde a gente mora. Em Porto Alegre até se vê estrangeiros nas ruas, mas é algo raro, aqui nos EUA se vê pessoas falando diferentes línguas o tempo inteiro. E eu não estou exagerando! Os Estados Unidos é o país das oportunidades, muita gente migra para cá, então, basta andar pelas ruas, pegar um ônibus ou um metrô, para ouvir uma conversa em espanhol em um canto, em inglês em outro e, mais adiante, uma em chines/japonês/coreano (no nosso caso, em português também). A quantidade de pessoas que vem de fora é tão grande que até existem bairros específicos para cada país, como Chinatown, Little Tokio, Koreatown e Little Brazil (que fica em NY). É muito louco, mas também um aprendizado enorme.

Essa mistura de pessoas não te ensina apenas algumas palavras novas, mas também a aceitar as diferenças e a aprender sobre elas. Há um abismo entre nós, brasileiros, e os asiáticos, ou, até mesmo, entre nós e os mexicanos e americanos. Conviver com essas diferenças te faz entender o outro e, principalmente, respeitar.

Aqui em Los Angeles, nós estamos hospedados em uma casa de família chinesa. Sobre o mesmo teto se fala quatro línguas: chinês, inglês, português e mandarim. Agora, imagina a doidera que é escutar uma conversa em chinês em um canto, pensar em português e, em seguida, responder em inglês uma pergunta. Mas existem barreiras ainda maiores que a fala. Eu e o Lucas, dois brasileiros comuns, com costumes típicos do nosso país, tivemos que nos acostumar a viver em uma casa de orientais. Não apenas a língua, mas o jeito de se expressar, de comer, de agir, tudo é diferente. Mas nós estamos nos adaptando, aprendendo a cada dia sobre a rotina deles e, principalmente, comprovando que, apesar das diferenças, somos todos parecidos no final das contas.

Andar pelas ruas por aqui é, no mínimo, interessante. Diferente do Brasil, aqui as pessoas costumam puxar conversa em paradas de ônibus, supermercados ou em qualquer outro lugar público. Eu e o Lucas já conversamos com americanos, latinos, asiáticos e encontramos até alguns brasileiros. De cada conversa, tiramos um aprendizado diferente sobre como essas pessoas nos enxergam e também a forma como nós enxergamos elas. Não foi nem uma ou duas vezes que conversamos com pessoas que não tinham ideia sobre como é o Brasil ou qual língua nós falamos. Para ter uma noção, eu e o Lucas até festejamos quando alguém fala “you guys speak portuguese?”, já que a maioria das pessoas aqui acham que brasileiro fala espanhol ou pensam que espanhol e português são a mesma língua.

A conclusão é que a gente aprende e também ensina muito durante uma viagem. No início pode até dar medo, mas, aos poucos, a gente entende que o mais incrível de estar longe de casa é justamente esse contato com o novo. A gente aprende a aceitar o que não é familiar e, principalmente, a dar mais valor ao que nós somos.

A cada dia, a nossa bagagem aumenta, não de bens materiais, mas de novas experiências. Não tenho dúvidas de que são essas lembranças que a gente carrega para o resto da vida e que é isso que torna uma viagem algo inesquecível.

Viagem, Vídeo

Viagem E.U.A – Vegas, baby, Vegas!

7 de outubro de 2015

Chegou a vez de Vegas, baby! A cidade mais louca que já conheci na vida, Las Vegas é, com certeza, o lugar perfeito para quem quer se divertir e gastar dinheiro.

Uma cidade onde a festa acontece até nas calçadas das ruas? Essa é Las Vegas! É impossível não ficar impressionado com as luzes da Las Vegas Strip, rua onde se concentram os maiores cassinos da cidade, e não se contagiar pelo espírito de festa que a cidade exala.

Vir para Las Vegas é uma experiência e tanto, mesmo para quem não é muito chegado em jogo ou em festas. Quer descobrir um pouco como é Vegas? Então, vem assistir tudo que vi por aqui nesses últimos dias.

Se gostarem do vídeo, deem like e se inscrevam no canal do Catzzz. E não deixem de acompanhar mais da nossa viagem lá no www.emtransito.com.br.