Monthly Archives

julho 2014

Conhece?, ilustração, Por aí

Profanity Pop! Exibição em Los Angeles mostra personagens da Disney em temáticas atuais

31 de julho de 2014
(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

Não é a primeira vez que os personagens da Disney saem dos seus mundinhos de “felizes para sempre” e são colocados em situações atuais (mostrei em outro post o Tumblr Unhappily Ever After, lembram?). Desta vez, o artista plástico José Rodolfo Loaiza Ontiveros resolveu mostrar os personagens em situações profanas, misturando ícones pop, religião e drogas.

A mostra Profanity Pop, que está acontecendo em Los Angeles, Estados Unidos, une vários personagens famosos do estúdio, como Mickey, Pato Donald e Minnie, a obras conhecidas e as coloca em temáticas atuais.

Nas imagens, os desenhos conhecidos da nossa infância aparecem em cenas nada inocentes e sem nenhum resquício de pureza. A ideia é humanizar os personagens e revelar suas fragilidades, fraquezas e desejos.

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros

José Rodolfo Loaiza Ontiveros

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

José Rodolfo Loaiza Ontiveros

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

José Rodolfo Loaiza Ontiveros

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

José Rodolfo Loaiza Ontiveros

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

José Rodolfo Loaiza Ontiveros

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

José Rodolfo Loaiza Ontiveros

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

José Rodolfo Loaiza Ontiveros

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontivero)

(Imagem: José Rodolfo Loaiza Ontiveros)

Obviamente, um quadro que mostra a Minnie e a Margarida se beijando, outro com a Branca de Neve tirando um selfie seminua ou do Pateta e Pato Donald fumando maconha, tem o intuito de impactar e provocar as pessoas.

“Mitologia, religião e a representação do poder já foram manifestados em todos os grandes trabalhos da antiguidade. Com ‘Profanity Pop’, Rodolfo faz um tributo a trabalhos históricos específicos que têm inspirado diversas gerações. Temas universais são novamente narrados por personagens animados amados, mas com o disfarce do divino e com todas as fragilidades dos mártires. Distante do paraíso dos finais felizes, o drama retratado em pastel mostra uma vulnerabilidade que justapõe o subversivo com situações nunca interpretadas dessa forma”, comunicou a galeria La Luz de Jesus.

A imagens estão expostas na galeria La Luz de Jesus, localizada em Los Angeles, de 1 a 31 de agosto.

Ficou curioso para ver a exposição completa? É só clicar aqui! 🙂

Conhece?, Moda, Por aí, Tendências

Conheça o body chain, acessório que promete ser hit neste verão

30 de julho de 2014
(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

Já ouviu falar do body chain? Se não, provavelmente já viu alguma foto de celebridade ou fashionista usando este acessório por aí.

O body chain, ou colar colete, é um acessório que envolve a silhueta (do pescoço até a cintura). O colar não é uma novidade no mundo fashion, ele já vem aparecendo em alguns desfiles internacionais e nos modelitos praianos das famosas desde 2012, com grandes adeptas como Rihanna e Beyoncé.  <3

(Foto: Divulgação/Reprodução)

(Foto: Divulgação/Reprodução)

Apesar de ser um acessório que causa controvérsias (certeza que vai ser amado e odiado como as sandálias birks), o body chain promete ganhar força neste verão de 2015. Não tem ideia de como compor um look com o colar? Vou dar algumas dicas! 🙂

É bem comum ver o acessório em looks de praia, então, uma opção é usa-lo como um detalhe a mais junto com biquíni ou cropped.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

Para quem não se sente à vontade com a ideia de usar um body chain com roupa de praia, saiba que também é possível combinar o colar com vestidos e peças livres de detalhes.

Ps: o body chain é uma peça delicada, que tem o propósito de deixar o look mais feminino e, portanto, procure usá-lo com blusas mais básicas para não pesar o visual.

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Refinery29)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Refinery29)

(Foto: Reprodução/Refinery29)

(Foto: Reprodução/Refinery29)

(Foto: Reprodução/Refinery29)

Sendo beeem sincera, eu acho maravilhosos os looks da Bey e da RiRi usando body chain, mas não sei se teria coragem de usar com um biquíni. Já a ideia de usar com vestido, ou compor um look de festa com ele, me agradou muito!

E vocês, vão aderir aos body chains? 🙂

Conhece?, Inspirações, Moda, Roupas, Tendências

Trend alert! Confira inspirações de como usar kimono!

29 de julho de 2014
(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

Provavelmente, você já deve ter ouvido falar de um kimono (ou quimono, no português). A palavra kimono significa “coisa de se vestir” (ki = “usar” e mono = “coisa”) e faz parte da cultura dos japoneses há mais de 2 mil anos. É uma peça tradicional no Japão usada por mulheres, homens e crianças.

Uma curiosidade: no Japão, a peça é chamada de kosode e não de Kimono.

Para quem não sabe muito sobre essa jaqueta, saiba que o kimono é rodeado de significados. Na cultural oriental, existem sete tipos de kimonos tradicionais usados pelas mulheres e eles variam de acordo com idade, estado civil e ocasião.

Assim como muitas coisas na cultura japonesa, tem toda uma história por trás da peça. No século XVI, no primeiro contato dos navegadores ocidentais com os japoneses, surgiu a expressão kimono.

Sem dominar a língua, os estrangeiros perguntavam sobre a vestimenta dos japoneses e eles respondiam kimono, querendo dizer “roupa”.  (Uma conversa mais ou menos assim: estrangeiros- “O que você está vestindo? japoneses -” Uma roupa!” hahaha 😛)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

Atualmente, o kimono ganhou uma versão repaginada no guarda-roupa das mulheres. Ele foi parar na moda ocidental, ainda no começo do século XX, pelo estilista Paul Poiret. Mais tarde, vários estilistas ocidentais, como Saint Laurent, John Galliano, Pierre Cardin, e os japoneses como Issey Miyake, Kenzo, Hanae Mori e Rei Kawakubo, fizeram suas releituras peça.

O Kimono reapareceu em vários formatos: compridos, curtos, com estampas ou com brilhos.

É uma peça leve, combina com temperaturas mais anemas, como na primavera. Ele pode ser usado da mesma forma que um cardigan, por isso, existem diveeersas maneiras de montar looks com a peça.

Quer saber como usar? Confere algumas inspirações de como usar kimono!

(Foto: Reprodução/Pinterest/artsymphony)

(Foto: Reprodução/Pinterest/artsymphony)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

 

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest/etsy.com

(Foto: Reprodução/Pinterest/etsy.com

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

 

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

E aí, gostaram? 🙂

Beleza, Cabelos, Dica

#5dicas: veja como ondular seu cabelo sem usar chapinha ou babyliss

28 de julho de 2014
(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

Os cabelos ondulados estão em alta! Se há um tempo atrás as mulheres corriam em busca de um liso perfeito, com a ajuda de chapinha (muita chapinha!) e alisamentos, agora, a moda dos salões é o ondulado.

Tanto nas versões mais marcadas, próximo de um formato de cacho, como na versão natural (estilo “I woke up like this”. hahaha), o ondulado já é famoso entre a mulherada!

No inverno, o ondulado mais marcado é mais comum, combina com as produções e maquiagens pesadas. Mas neste verão de 2015, o ondulado natural vai reinar nas madeixas. 🙂 #dica

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

O único problema do ondulado é justamente o uso excessivo de chapinha (sim, é possível deixar o cabelo ondulado com a chapinha. Eu, aliás, só faço com chapinha!) e do babyliss. Esquentar o cabelo sempre causa danos para os fios e nos faz correr atrás dos prejuízos. :/

Mas existem maneiras de ondular os cabelos sem usar o calor! Claro, não fica com aquele ondulado de princesa que só a chapinha e o babyliss proporcionam, mas fica natural e ainda ajuda a manter seus fios saudáveis. 🙂

(Foto: Reprodução/Pinterest)

(Foto: Reprodução/Pinterest)

Confira cinco dicas de como ondular seu cabelo sem usar chapinha ou babyliss!

1- Invista em um bom creme para cabelos ondulados e cacheados

Se você tem cabelo crespo ou ondulado, invista em um bom Leave-In. Além de hidratar seus fios, ajuda a obter o ondulado perfeito. Sua função é alisar e definir o ondulado, deixando-os polidos e sem frizz.

A  melhor parte do produto é que  não precisa ser reaplicado a cada dia. Basta escovar e molhar seu cabelo para reativar o produto e você terá ondas lindas todos os dias. 🙂

2-  Use um fixador de brilho à base de água

Além de dar um brilho extra ao seu cabelo, estes fixadores à base de água são ideais para quem quer ter fios ondulados! É só escolher um que funcione melhor para você e pulverizá-lo em seu cabelo úmido antes de torcer os fios ou enrolar as madeixas com um rolo de cabelo.

Obs: para quem não conhece um bom spray de brilho, tem um maravilho da marca Aussie – veja mais aqui -, mas é um produto importando, então, você não vai encontrar nas lojas do Brasil, só no exterior. 🙁

3-  Torça os cabelos

Parece uma dica um pouco óbvia, mas torcer os fios ou fazer nós com eles ajuda a ondular os cabelos. Basta enrolar bem os fios em de dois em dois para que eles adotem uma forma espiral. Além de enrolar, você pode trançar os cabelos ou fazer nós. É uma forma simples de obter cachos perfeitos sem usar o calor.

4- Use os dedos

Não sabe bem como enrolar seus cabelos? Bem, aqui está um truque que vai ajudar quem tem cabelos ondulados que tendem a ter  frizz ou cachos com aparência seca. Basta pentear o cabelo molhado com um pente de dentes largos e torcer mechas individuais em torno de seu dedo.

Continue fazendo isso até que todo o seu cabelo esteja enrolado da forma que você deseja. Em seguida, pegue um  lenço de seda e envolva em torno de sua cabeça para seu cabelo manter a textura. Remova-o após 30 minutos ou 1 hora e deixe secar o cabelo naturalmente.

5- Abuse dos penteados retrô pin

O penteado retrô foi muito famoso nos anos 40 e é uma opção para quem quer criar curvas nas madeixas. Com os cabelos ainda úmidos, divida os fios em pequenas mechas. Cada mecha tem que ser enrolada até o couro cabeludo, formando um rolinho pequeno, depois prenda-as com o auxílio de dois grampos em forma de X. Por último, enrole um lenço de seda na cabeça e durma com os rolinhos.

No outro dia, você terá cabelos ondulados e lindos! 🙂

Eu, que tenho cabelo liso e pesado, só consigo manter o ondulado usando fixador (mesmo quando uso a chapinha ou o babyliss), mas já experimentei enrolar meus fios durante a noite e tive um resultado ótimo no outro dia.

Demora, dá mais trabalho, mas vale a pena!

Gostaram das dicas? 😉

Filmes, Por aí, Sem categoria

É fã da Disney? Confira a cronologia dos posters das animações do estúdio!

25 de julho de 2014

cole12

Mesmo quem não é super fã da Disney já assistiu alguma animação do estúdio. Os filmes da Disney participaram da nossa infância –  e de muitas outras gerações – e sua importância no segmento é inegável. (Não é à toa que meus filmes preferidos são A pequena Sereia e a Cinderela)

O estúdio é pioneiro em animação e entretenimento, por isso, ver seu desenvolvimento com o passar dos anos é, no mínimo, bem interessante.

Óbvio, com o tempo, a empresa desenvolveu sua linguagem e nada mais legal que poder acompanhar estas mudanças. 🙂

Confira a coletânea dos posters oficiais dos filmes da Disney, desde o seu primeiro até os dias atuais. A lista de filmes é beeeem comprida, mas acho que vale a pena ver as mudanças visuais e, de quebra, relembrar daqueles desenhos que a gente assistia sempre quando criança. 🙂

Vale a pena conferir!

collage1

– 1937 / Branca de Neve e os Sete Anões / Snow White and the Seven Dwarfs

– 1940 / Pinóquio / Pinocchio

– 1940 / Fantasia

– 1941 / Dumbo

– 1942 / Bambi

– 1942 / Alô Amigos / Saludos Amigos

– 1944 / Você Já Foi à Bahia? / The Three Caballeros

– 1946 / Música, Maestro! / Make Mine Music

– 1947 / Como é Bom se Divertir / Fun and Fancy Free

collage2

– 1948 / Tempo de Melodia / Melody Time

– 1949 / As Aventuras de Ichabod e Sr. Sapo / The Adventures of Ichabod and Mr. Toad

– 1950 / Cinderela / Cinderella

– 1951 / Alice no País das Maravilhas / Alice in Wonderland

– 1953 / Peter Pan

– 1955 / A Dama e o Vagabundo / Lady and the Tramp

– 1959 / A Bela Adormecida / Sleeping Beauty

– 1961 / 101 Dálmatas / One Hundred and One Dalmatians

– 1963 / A Espada Era a Lei / The Sword in the Stone

collage3

– 1967 / Mogli: O Menino Lobo / The Jungle Book

– 1970 / Aristogatas / The Aristocats

– 1973 / Robin Hood

– 1977 / As Aventuras do Ursinho Pooh / The Many Adventures of Winnie The Pooh

– 1977 / Bernardo e Bianca / The Rescuers

– 1981 / O Cão e a Raposa / The Fox and the Hound

– 1985 / O Caldeirão Mágico / The Black Cauldron

– 1986 / As Peripécias do Ratinho Detetive / The Great Mouse Detective 1988 / Oliver e sua Turma / Oliver & Company

collage4

– 1989 / A Pequena Sereia / The Little Mermaid

– 1990 / Bernardo e Bianca na Terra dos Cangurus / The Rescuers Down Under

– 1991 / A Bela e a Fera / Beauty and the Beast

– 1992 / Aladdin

collage5

– 1994 / O Rei Leão / The Lion King

– 1995 / Pocahontas

– 1996 / O Corcunda de Notre Dame / The Hunchback of Notre Dame

– 1997 / Hercules

– 1998 / Mulan

– 1999 / Tarzan

– 1999 / Fantasia 2000

– 2000 / Dinossauro / Dinosaur

– 2000 / A Nova Onda do Imperador / The Emperor’s New Groove

collage6

– 2001 / Atlantis: O Reino Perdido / Atlantis: The Lost Empire

– 2002 / Lilo & Stitch

– 2002 / Planeta do Tesouro / Treasure Planet

– 2003 / Irmão Urso / Brother Bear

– 2004 / Nem que a Vaca Tussa / Home on the Range

– 2005 / O Galinho Chicken Little / Chicken Little

– 2007 / A Família do Futuro / Meet the Robinsons

– 2008 / Bolt: Supercão / Bolt

– 2009 / A Princesa e o Sapo / The Princess and the Frog

collage7

– 2010 / Enrolados / Tangled

– 2011 / Ursinho Pooh / Winnie the Pooh

– 2012 / Detona Ralph / Wreck-It Ralph

– 2013 / Frozen: Uma Aventura Congelante / Frozen

Gostaram? 🙂